Ministério Público, interferiu na segurança de torcedores em SC. Deputados Aprovam Título Benemérito, para Promotor Maia Neto. Nova denuncia envolvendo o tal GIL BUFFET e menor em Foz. Casas que serão construídas para abrigar famílias da invasão do Bubas vão usar tecnologia alemã de sustentabilidade. Sai novo sorteado para Copa do Mundo, que enfrentará a Argentina com sede em Foz.

Depenando a Coruja

depenandoacoruja@gmail.com       

por Oliveirinha Jornalista – MTE 08182/PR

  

 

Ministério Público, interferiu na segurança de torcedores em SC

Podemos começar a nos preocupar com o excesso de poder dado aos advogados do estado, ou seja, aos Promotores de Justiça pagos pelo erário. Em especial quando exorbitam em suas funções, como foi o caso do jogo do Atlético Paranaense e Vasco em Joinville-SC, onde o Promotor Francisco de Paula Fernandes Netto, proibiu a presença da policia Militar no estádio, determinando a contratação de segurança privada.

Segundo o Coronel de Policia Militar do Paraná, responsável pela segurança publica em eventos, não se pode de um dia para o outro trocar a presença da policia por seguranças privadas que não irá funcionar, pois é uma questão de cultura a ação inibitória da PM em locais com grande concentração de pessoas, em especial jogos de futebol, onde os ânimos estão elevados e somente a policia tem experiência para controla-los. 

O que é Promotor de Justiça?

Nos termos do art. 127 da Constituição Federal, o Ministério Público é uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

O promotor de justiça, antigamente denominado de promotor público, é o principal representante legal da acusação nos países que adotam um sistema baseado no contraditório, como no common law (os principais são Estados Unidos e Reino Unido) ou o baseado em inquérito, como no sistema romano-germânico, baseado em códigos (tal como nos países da Europa continental e da América Latina, dentre outros). A promotoria é a parte responsável por lei para apresentar um caso contra um indivíduo suspeito de contrariar a lei em um julgamento criminal, ou defender, em juízo ou extrajudicialmente, os interesses coletivos da sociedade.

No Paraná foi pedido pela ACAMOP (Associação das Câmaras de Vereadores do Oeste do Paraná), através dos Edis Zé Carlos e Paulo Rocha a criação de uma Comissão de Investigação na ALEP– Assembleia Legislativa do Estado do Paraná para apurar os gastos dos membros do Ministério Público, que é superior a 1,8 milhões ano.

A não muito tempo tivemos o site do blogueiro Lingua Di Trapo, denunciando investigação por favorecimento ao competentíssimo Promotor Candido Furtado Maia Neto, qual sempre despertou INVEJA junto a outros membros do MP , isto por sua posição privilegiada entre os melhores, em especial como palestrante pelo Brasil e o Mundo, merecendo o titulo de DOUTOR.  Se forem levar a fundo a denuncia do blogueiro LT em Foz, teremos ainda outros membros do MP e Delegados que foram beneficiados por moradia, inclusive que voltou a ativa.

Nenhum poder lhe seria dado, se não fosse pela vontade do Pai;

  

Deputados Aprovam Título Benemérito, para  Promotor Maia Neto

              Candido Furtado-Cidadão Benemerito

Os deputados estaduais aprovaram a entrega do Título de Cidadão Benemérito do Estado do Paraná para Cândido Furtado Maia Neto. A iniciativa do deputado Luiz Fernandes Litro (PSDB) foi aprovada por unanimidade no plenário da Casa. Maia Neto é integrante do Ministério Público do Paraná e como Promotor de Justiça atuou em Apucarana, Tibagi, Imbituva, Terra Rica, Pato Branco, Curitiba e Foz do Iguaçu.

Também é consultor internacional das Organizações das Nações Unidas (ONU). No desempenho de suas funções defendeu temas como a necessidade de assegurar os direitos dos presos nas comarcas onde atuou.

Em Brasília, na qualidade de Secretário de Justiça e Segurança Pública a nível Nacional, participou da Campanha “O Rio contra o Crime” e ajudou na elaboração do Anteprojeto do Estatuto Penitenciário do Paraná. “A nossa homenagem a esse homem, além da sua trajetória, se deve a defesa e construção do direito alternativo daquele que incorre em criminalidade. Os Direitos Humanos do preso.

Dr. Cândido também é um baluarte na defesa intransigente dos Direitos Humanos, nesta função primaz do Estado de humanizar, de ressocializar o cidadão”, justificou o deputado na apresentação da matéria. No mundo acadêmico, é professor de Direito Penal, Processual Penal, Criminologia/Vitimologia, Direito Penitenciário/Execução Penal e Direitos Humanos nas seguintes instituições: UNIPAR, UNIOESTE, UEPG, UNISEP, FAÇAM, UDC e FASIP, além de ministrar aulas no exterior, em países como Paraguai, Guatemala, Venezuela, Cuba, Equador e Espanha.

Cândido Furtado Maia Neto é DOUTOR em Direito pela Universidade del Zulia (Venezuela), doutorado para o aperfeiçoamento profissional e para o Magistério Superior, além de ser Mestre em Ciências Penais e Criminológicas. Também é pós-doutor pelo Instituto Vasco de Criminologia na Espanha.

O profissional também reúne a participação em mais de 89 conferências, em 26 cidades brasileiras e 12 estrangeiras, tendo 59 artigos jurídicos publicados em livros, 14 publicados em revistas jurídicas e 72 artigos publicados em periódicos diversos. Como autor tem cinco livros individuais e co-autoria em outros 10 trabalhos.

Para ver um currículo exemplar de quem fez por merecer, basta acessar: http://www.direitoshumanos.pro.br/ler_curriculum.php?id=13

  

 

Políticos não são autoridades, mas sim EMPREGADOS do povo”!…

 

  

Nova denuncia envolvendo o tal GIL BUFFET e menor em Foz

Hoje vou brigar com um monte de gente!!!!Sei que algumas pessoas não vão entender mais aqui vai, ontem foi a festa de formatura do 3 ano do Colegio Ulisses Guimarães, a festa foi no Gil Buffet, e quem fez a festa foi a Central de Eventos – Foz do Iguaçu. La pela 03:00 um amigo de minha filha bebeu e passou mal (de menor) ninguem da Central de Eventos veio socorrer o rapaz,não tinha professores responsaveis pelo alunos naquela hora e o Samu que foi acionado não foi socorrer que foi levado de carro e foi internado!!!!Isso e o fim do mundo a Central de Eventos fechou o salão e nem deixou tirar os pertences do rapaz !!!Tenho que dizer tambem se não fosse um aluno que pretende ser mêdico e socorreu o rapaz o que teria acontecido com ele !!!!!!

Acho que os responsaveis pelo rapaz deveriam abrir um boletim de ocorrência contra todos os envolvidos a Central de Eventos/Professores Responsaveis/Samu e a quem vendeu bebida no evento para um menor de idade. Eu por exemplo achei que tinha deixado minha filha ir num lugar seguro com pessoas responsaveis, mais vi que me enganei !!!!

                                    (Judite Santana)

                        Gil - drm

PS: Como esta denuncia sobre o tal GIL BUFFET do Girnei Azevedo, chegou a Conselheiros Tutelares de Foz, vamos aguardar e ver se agirão cumprindo suas funções de proteção ao menor e adolescente ou se irão se omitir e prevaricar, pois se assim o fizerem também serão denunciados.

  

 

6_capa_stoexpedito.inddSanto Expedito-VII

Valhei-me meu Santo Expedito”!…

 

  

Casas que serão   construídas para abrigar famílias da invasão do Bubas vão usar tecnologia   alemã de sustentabilidade      

Reni-q994841_512239852164579_1490969576_nReni

A   Agência de Desenvolvimento Econômico Social PróVita – ADESP, que está   realizando trabalho social com a população da área de invasão do Bubas,   apresentou ao prefeito Reni Pereira a tecnologia que será usada na construção   das casas do conjunto habitacional para onde essas famílias serão transferidas.   A apresentação foi durante a assinatura do contrato entre a entidade e   Tecverde, empresa que irá fornecer a tecnologia para a execução das 746   unidades habitacionais. A ADESP espera que até o fim desse mês ocorra a   liberação de recursos e com isso será iniciado a parte de terraplanagem.

 O   Prefeito e a secretária da Assistência Social, Cláudia Pereira, receberam   explicações sobre as casas sustentáveis. A ADESP recebeu do Ministério das   Cidades a aprovação do projeto e agora o governo federal deverá enviar para a   entidade R$ 45 milhões em recursos para a construção de 746 casas, além das   obras de arruamento, saneamento básico e ações sociais. A residência, com uma   média de 48 metros quadrados, utilizará uma tecnologia alemã de construção   sustentável. Isso inclui materiais não poluentes, manta térmica para regular   a temperatura, manta acústica para proteger de ruídos e malha   antiumidificante, para evitar surgimento de mofo e paredes molhadas após   períodos de muita umidade.

 O   conjunto habitacional, que será construído pela ADESP, fica na Gleba Guarani,   próximo aos conjuntos habitacionais do município Lagoa Dourada e Lagoa   Vermelha. Serão beneficiadas com as novas residências mais de três mil   pessoas que, desde o começo desse ano, ocupam uma área na região do bairro   Porto Meira, chamada ocupação Bubas. Serão beneficiadas as famílias que estão   no local desde o início do movimento e que foram cadastradas pela agência de   desenvolvimento.

 A   intenção é que muitas dessas famílias colaborem ajudando na construção das   casas, que deverá ser rápida devido à tecnologia que será empregada. A   expectativa é entregar uma média de 50 casas por mês. Os proprietários vão   pagar uma mensalidade que varia entre R$ 60 e R$ 160 por mês. O projeto   também prevê ações sociais para ajudar principalmente as mulheres e crianças   que vivem na invasão. (AMN)

 

PS: Infelizmente a imprensa como os munícipes de Foz, estão tendo cerceados seus direitos de acesso as fotos do site institucional da cidade, qual deveria ser de acesso publico, não tendo sido vedado o acesso nem mesmo na administração de Mac Donald.

Aí não dá, assim não tem jeito mesmo;  

 

         

 

                      rato

                “Autódromo Internacional de Foz, JÁ!”…

  

 

Sai o nome do novo sorteado para Copa do Mundo, que enfrentará a Argentina com sede em Foz. 

  Pato Branco-ç

A Coruja vai começar a fumar em Foz.

Deixe uma resposta