Câmara Municipal conta com nova ferramenta que garante maior transparência nas. Ao responder sobre pedágio, Requião se destempera e abandona entrevista na CBN. PRF apreende maconha escondida em caixa de som. TRE rejeita recolher panfletos contra Requião. Prezados leitores do Blog Depenando a Coruja.

 

 

Depenando a Coruja

depenandoacoruja@gmail.com       

 

por Oliveirinha Jornalista – MTE 08182/PR

 

        Câmara Municipal conta com nova ferramenta que garante maior transparência nas

Painel da Camara- Zé Carlos

A partir de agora a população conta com mais uma ferramenta que garante transparência às ações do Legislativo: o painel eletrônico de votação. Nesta quarta-feira (30), após a finalização das instalações, a Câmara Municipal realizou uma simulação do funcionamento do Painel. O servidor Waldson de Almeida Dias, que coordenou o processo de instalação, destacou a importância da ferramenta. “Isso significa não só a modernização do Legislativo, mas também, maior visibilidade e transparência na votação. E, ao final de cada sessão esse sistema emite um relatório constando a votação e a presença de cada parlamentar”.

Anteriormente, o plenário só contava com um cronômetro, agora, na votação de qualquer projeto de lei, requerimento, veto, a população poderá ver se o vereador votou favoravelmente à proposição ou não. Cada Vereador possui o terminal do parlamentar, no qual pode colocar sua senha e confirmar a presença nas sessões, o presidente também tem o seu terminal, que permite ampla visibilidade da presença dos parlamentares, das votações e do controle do tempo. As tribunas também possuem um terminal que mostra o tempo ao orador.

O painel eletrônico e todo sistema de microfones, terminais, software, cronômetro e instalação foram adquiridos pelo pregão n°02/2014 (http://goo.gl/UbctY5), que como tinha como valor inicial de proposta R$ R$ 168.223,00. Mas, após uma disputa entre quatro empresas concorrentes na licitação, a comissão de servidores que realiza os pregões da Casa fechou o valor dessa licitação em R$ 83.500,00.

Governando com transparência, Jose Carlos Neves em Foz;

 

Ao responder sobre pedágio, Requião se destempera e abandona entrevista na CBN.

Requião doido

O Senador Roberto Requião (PMDB) abandonou a entrevista na CBN de Cascavel ao ser questionado sobre as obras na BR-277.

www.youtube.com/embed/yWOuFu01gGk

 

 

 

PRF apreende maconha escondida em caixa de som

Aproximadamente às 20 horas de ontem(29/07), a equipe PRF fez uma abordagem a um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu/PR – Porto Alegre/RS em frente ao posto policial de Santa Terezinha de Itaipu, BR 277, Km 714.

 PRF-Maconha

Os PRFs  suspeitaram de uma passageira de 18 anos e decidiram averiguar a bagagem dela que estava no compartimento de carga inferior do veículo. Encontraram, então, uma caixa de som. Após estranharem o peso da caixa, os policiais a abriram e descobriram 18 kg e 185 gramas de maconha.

Sendo assim, os agentes deram voz de prisão à passageira e encaminharam-na, junto ao entorpecente, para a Polícia judiciária estadual em Santa Terezinha de Itaipu.

PRF Raone Nogueira

Comunicação Social

 Expedito-II

                                                              “Valei-me Santo Expedito”!

 

 

 

                                          TRE rejeita recolher panfletos contra Requião

Endosso-Joao da Silva Bernask 001

Juiz nega apreensão do material com denúncias contra candidato distribuído por dissidentes

O juiz auxiliar Guido José Döbelli, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR), rejeitou ontem pedido do candidato do PMDB ao governo do Estado, senador Roberto Requião, que pretendia suspender a distribuição de panfletos com a reprodução de denúncias contra sua administração. No sábado, um grupo de dissidentes do PMDB contrários à candidatura de Requião começou a distribuir, na Boca Maldita, centro de Curitiba, três panfletos que reproduzem matérias jornalísticas a respeito da operação Dallas, da Polícia Federal, que em 2011 investigou supostas irregularidades na Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), na gestão de Eduardo Requião – irmão do candidato peemedebista.

O material foi produzido pelo comitê Frente Ampla Paraná Total” – formado por dissidentes do partido e encabeçado pelo secretário-geral do PMDB de Curitiba, Doático Santos. Ele integra a ala do PMDB que rejeita a candidatura de Requião e defende a reeleição do governador Beto Richa (PSDB). Dos três panfletos distribuídos pelo grupo, um reproduzia reportagens sobre a operação da PF, que chegou a resultar na apreensão de R$ 140 mil na casa de Eduardo Requião no Rio de Janeiro. As investigações envolviam o suposto pagamento de propina de US$ 5 milhões em uma licitação para a compra de uma draga para o Porto vinda da China. Outro panfleto imitava cédulas de dólares com uma foto do ex-superintendente da APPA, com a reprodução das mesmas reportagens no verso.

O juiz auxiliar Guido José Döbelli, acatou somente o pedido para suspender a distribuição de um terceiro panfleto, intitulado: Nem Gleisi, nem Requião, Beto Richa governador; que faz referência ao comitê criado pelo grupo, em apoio à candidatura à reeleição do atual governador, por conta da ausência do número de registro do responsável pela produção do material no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. Isso porque a legislação exige que qualquer material contendo propaganda eleitoral traga o número do CNPJ do responsável.

Já os outros dois panfletos tiveram a distribuição liberada. Trata-se, à toda vista, de reprodução de notícia amplamente divulgada nos meios de comunicação a respeito de investigação policial envolvendo o irmão do autor”, considerou o juiz. “A única referência a Roberto Requião é no sentido de dizer que o investigado é seu irmão, não havendo calúnia, injúria ou difamação nesse sentido”, afirmou Döbelli. “

Conclui-se, portanto, não haver, em sede de cognição sumária, elementos que autorizem a pretendida busca e apreensão em relação a este material”, apontou o magistrado.

Mutirão – Doático afirma que Requião também foi derrotado na tentativa de tentar suspender as páginas na internet “Frente Ampla” e “Assunto Livre”, mantidos por seu grupo. “Isso nos motiva a ampliar a distribuição do material”, comemora ele. O dirigente peemedebista já anunciou ontem um“mutirão Vovó Dallas” para amanhã, com a distribuição de milhares de panfletos em 20 pontos da Capital, além de municípios da região Metropolitana de Curitiba e Litoral do Estado.

O nome é uma referência ao apelido de Eduardo Requião – “Vovó Naná” – e à operação da PF que o investigou.

A candidatura de Requião foi aprovada em convenção estadual do PMDB no dia 20 de junho, por 319 votos a 250. A maior parte dos deputados estaduais da sigla, além do ex-governador Orlando Pessuti, defendia o apoio a Richa. Após a derrota na convenção, lideranças peemedebistas, incluindo Pessuti e o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli, deixaram clara a intenção de não fazer campanha para o candidato do partido.

Aí não dá, assim não tem jeito mesmo;

 

 DSCN0212

                                                  “Autódromo Internacional de Foz, JÁ!”…

 

Prezados leitores do Blog Depenando a Coruja

Faço uso desta, para lhe pedir um pouco de seu tempo para que eu possa dar conhecimento sobre minha candidatura a Deputado Federal. Esta minha postulação nasceu da vontade que tenho de fazer algo mais do que apenas me manifestar sobre os assuntos que são de interesse de nosso Município, Região e País.

 Cazuza

Estou convicto de que é no Congresso Nacional que efetivamente poderei colaborar para as mudanças que nossa sociedade tanto anseia. Serei, com minha eleição para o Congresso Nacional, uma voz atuante em defesa dos valores da família, valores esses que tanto tem sido desvirtuados nos últimos tempos. Creio que não há como “negociar” ou deixar de defender esses princípios.

Cabe aqui citar algumas “bandeiras” que defenderei no Parlamento Nacional: – Prisão perpétua para assassinos e estupradores reincidentes;

- Adequação do Judiciário Brasileiro e de nossas estruturas carcerárias para que se possa reduzir a maioridade penal para 16 anos. Segundo pesquisas, mais de 80% da população brasileira é favorável à redução da maioridade penal;

- Proibição do uso de drogas, salvo em casos, comprovadamente, de tratamento medicinal;

- Liberação da posse de armas para cidadãos em suas residências (sendo vedado o porte), mediante rigoroso controle na concessão dessa licença (a proibição do porte de armas só pode haver onde seja impedido que criminosos não possuam armas, o que não ocorre no Brasil).

O cidadão tem direito a defender sua família.

- Reforma Política, com voto distrital e a diminuição de, pelo menos, 50 % dos partidos políticos existentes. Hoje temos mais de 30 agremiações partidárias, entre as quais, muitas delas, há mais de uma década, não elegem sequer um Deputado Federal;

- Orçamento Impositivo. Os orçamentos públicos hoje são indicativos, verdadeiras peças de ficção.Precisamos que os orçamentos públicos sejam efetivamente executados e não mais manipulados de acordo com a vontade dos políticos;

- Ampliação dos Royalties de Itaipu por mais 50 anos, para todos os municípios lindeiros ao Lago de Itaipu. Recentemente o Congresso Nacional aprovou ampliação de 50 anos dos benefícios fiscais para a Zona Franca de Manaus (ZFM). Esse conquista da ZFM demonstra que quando se tem vontade política, as coisas acontecem;

- COTA DE 500 DÓLARES, JÁ !!!: Termos “Free Shop” em Foz do Iguaçu e a consequente e provável diminuição da cota de 300 dólares nas compras em países vizinhos é uma decisão que deve ser tomada por iguaçuenses e não por políticos e/ou grupos econômicos;

- PERIMETRAL LESTE, JÁ !!!: Não podemos mais ver a malha viária de Foz do Iguaçu ser destruída pelo trânsito de caminhões de exportação pelas vias urbanas do município. Lamentavelmente, os políticos e partidos em geral, possuem um péssimo conceito junto à população, imagem esta que eles mesmos fizeram por merecer ao longo do tempo, e isso fez com que tenhamos um modelo democrático no qual as ideologias políticas praticamente não existam e que elas sejam, de fato, substituídas pelas ideologias dos políticos que escolhemos para nos representar.

Direita ou Esquerda, em relação ao poder no Brasil, não significa mais posicionamentos ideológicos e passaram a definir quem está no exercício do poder e quem não faz parte do governo. Ser de “Esquerda” ou “Direita”, define apenas se alguém é “Oposição” ou “Situação” em relação ao Governo. Mesmo assim, preciso fazer adiante algumas considerações sobre o partido político ao qual sou filiado, pois é por meio da representatividade dele, como “força” política, que poderei exercer um mandato eletivo mais eficiente e eficaz no Congresso.

Pertenço a um partido político, o Partido Republicano da Ordem Social (PROS www.pros.org.br) que tem como principal meta a redução de impostos. O PROS é uma das 10 maiores agremiações partidárias brasileiras e compõe, com o Partido Progressista, o 3o maior bloco parlamentar do Congresso, significativa representatividade essa que permite que nossas propostas possam ter tramitar mais célere na Câmara dos Deputados, o que não acontece com outros partidos que não possuem a mesma “força” e articulação que o PROS.

Peço que acompanhe o que venho postando no Facebook, onde expresso os temas nos quais atuarei como Deputado Federal. Para tanto, peço seu voto e apoio nessa importante jornada que iniciei. Encerro esta, me colocando ao dispor para suas eventuais críticas e sugestões e deixando para reflexão uma citação atribuída ao sábio Platão: “O castigo dos bons que não fazem política é ser governados pelos maus”.

Desde já agradeço a atenção que me foi dispensada, Cazuza;

 

 

Olá colegas

Será realizado o Lançamento Local do McDia Feliz 2014 em Foz do Iguaçu, nessa quinta-feira, dia 31 e precisamos de ajuda na divulgação e contamos com sua presença.

 CONVITE FOZ- Drica

Obrigada,

Adriana Cardoso

 

 

 

 

 Mac Chorando

                                              A Coruja vai fumar nestas eleições em Foz.