H.Lucas, vulgo Lingua faz vergonha em audiência e sai murcho. Visitando a Itaipu Binacional lado brasileiro. Empresário Kamal Osmann, fica indignado com Foztrans. Novos Bacharéis de Direito recebem seus graus na Unifoz.

Depenando a Coruja

depenandoacoruja@gmail.com                                                             

por Oliveirinha Jornalista – MTE 08182/PR

 

 

 

 

H.Lucas, vulgo Língua faz vergonha em audiência e sai murcho

O idoso mequetrefe Língua di Trapo, esteve em audiência na terça com este jornalista e seu advogado Drº Luiz Eduardo da Silva, onde com seu estilo arrogante e de semi-analfabeto entrou na sala de audiência querendo ensinar a conciliadora a trabalhar.

Momento em que Dom Luiz Eduardo, me informou que deveríamos aguardar o pregão, isto é, a chamada feita pela conciliadora do JECRIM.

Esperamos e após a chamada, tomando o assento tive a oportunidade de cumprimentar o advogado do mequetrefe, que é meu amigo a cerca de 25 anos com belíssimas histórias desde sua incorporação na gloriosa PMPR.

Em conversa entre eu, Drº Luiz Eduardo e o advogado do LT, Drº Paulinho Pereira dos Santos o mesmo, se manifestou em resposta a pergunta da conciliadora sobre haver propostas, onde meu advogado o reprendeu alertando que quem deveria falar seriam os procuradores das partes e não aquele sujeito. 

Luiz Eduardo da Silva, mostrou sua linda bolsa de couro da Calvin Klein adquirida nos EUA em sua ultima viagem a passeio, alias por que tem passaporte e pode viajar ao exterior, o que não é o caso do mequetrefe que nem visto de viagem ao Paraguai consegue.

O tal Lingua di Trapo portando-se de forma deselegante, além de querer ensinar o advogado, se levantou e abandonou a audiência por discordar da conversa e intimidade do advogado que o acompanhou com a parte contraria, tendo o causídico que sair no corredor pra pegar sua assinatura.Coitado do pobre Diabo, esta biruta e perdido como um velho Cão que caiu da mudança.

 

 

 

 

 

Visitando a Itaipu Binacional lado brasileiro

Na tarde de ontem, estive visitando a Superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Patrícia Liliana Iunovich.

Relembramos um fato envolvendo o jornalista Vinicius Ferreira, que perdeu a paciência e deu uma surra de cinto no Hélio Eduardo Lucas, vulgo Língua di Trapo na Boca Maldita de Foz.

O Drº Luiz Eduardo da Sila e Jose Reis Cazuza, também estavam no local, onde o amigo de Patrícia deu aquela TUNDA.

 

Já estou perdendo as contas de quantas surras, o Língua levou em Foz.

 

 

                                                               “Valei-me Santo Expedito”!

 

 

 

 

 

Industria e Comercio destinara área a fabrica de peças em Foz

Na terça (12/12), estivemos reunidos com o Secretario de Turismo e Industria e Comercio Gilmar Piolla, o Diretor do Sebrae Edinardo e o empresário fabricante de pecas para carros de arrancada e corrida, Alexandre Maia Betine.

Com a formalização e tramites legais a indústria poderá se instalar na Área Industria de Foz, vindo a gerar emprego, ocupação e renda.

Aqui já vemos os avanços da construção da Pista de Arrancada na cidade, qual conta com apoio do prefeito Chico Brasileiro, do deputado federal Fernando Giacobo, do deputado estadual Rubens Recalcatti e de vereadores de Foz.

Não me canso de dizer, que enquanto o velho Cão ladra a carruagem vai passando.

 

 

 

 

Empresário Kamal Osmann, fica indignado com Foztrans

Gostaria de perguntar ao Foztrans de como o cadeirante vai entrar no carro se a rampa de deficiente está na frente do carro?

Acho que o cadeirante vai pular o motor da frente e entrar pela janela.

Com a palavra o Superintendente do Foztrans Fernando Maraninchi.

 

 

 

 

 

Novos Bacharéis de Direito recebem seus graus na Unifoz

No Dia da Justiça, os novos Bacharéis de Direito receberam seus graus da Diretora Geral da Unifoz, Silvia Aires Araújo.

Parabenizamos também ao acadêmico de Administração, Thiago Ayala, que recebeu seu grau nesta ocasião e prestou o juramento de Administrador!

Família Unifoz lhes saúda, orgulhosa destes novos bravos e valentes Bacharéis de Direito do Brasil! Presentes os professores Luiz Francisco Barletta Marchioratto, Renan Gabardo Fava e Ederson Dalpiaz.

Nossos parabéns! Deus os abençoe e os ilumine na sua caminhada e sucesso profissional!

 

 

 

 

                                                                  MARINHA DO BRASIL

                                                    COMANDO DO 8º DISTRITO NAVAL

                                                   CAPITANIA FLUVIAL DO RIO PARANÁ

Comando do 8º Distrito Naval e Iate Clube Lago de Itaipu realizam a XXXII edição da Regata da Marinha em Foz do Iguaçu

Os 43 alunos disputaram a regata nas classes Optimist e Laser 4.7 no Lago de Itaipu, formado pela barragem da Usina Hidrelétrica de Itaipu, no Oeste do Paraná. Fotografia: Fotografia: 2ºTen (RM2-T) Heliberton CESCA

O Comando do 8º Distrito Naval (Com8ºDN), por intermédio da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP), realizou, em parceria com o Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI) e a Itaipu Binacional, a XXXII Regata da Marinha em Foz do Iguaçu.

A competição aconteceu entre os dias 8 e 10 de dezembro de 2017, contou com a participação de 43 alunos do Projeto “Velejar é Preciso” e seis crianças da Escola de Vela do Clube Náutico de Hernandárias, no Paraguai. Tradicionalmente, a regata marcou o 32º aniversário do ICLI e celebrou o Dia do Marinheiro, comemorado em 13 de dezembro. Os alunos do projeto disputaram a regata nas classes Optimist e Laser 4.7 no Lago de Itaipu, formado pela barragem da Usina Hidrelétrica de Itaipu, patrocinadora do evento, na região Oeste do Paraná.

No dia 10 de dezembro, foram disputadas as finais da XXXII Regata da Marinha e, em seguida, aconteceu a premiação. Gabriel Lopes, no masculino, e Ana Laura Maihack, no feminino, venceram na classe Laser 4.7. Na classe Optimist, os vencedores foram Alessandro Alves e Maria Izabel. Na disputa da Optimist Estreante o vencedor foi Gustavo Ceron.

Após a competição, as crianças puderam divertir-se em brinquedos infláveis e realizar um passeio na Embarcação de Casco Semi Rígido “Tilápia” da Marinha do Brasil. Ao todo, 27 crianças e 28 adultos tiveram a oportunidade de navegar a bordo da embarcação e com a equipe de militares da Capitania Fluvial do Rio Paraná.

Imagem da confraternização entre a Marinha do Brasil e os velejadores do projeto “Velejar é Preciso”. Fotografia: 2ºTen (RM2-T) Heliberton CESCA

Capitania Fluvial do Rio Paraná

Comunicação Social

Telefone: (45) 3523-2332 (ramal 34)

E-mail: cfrp.comsoc@marinha.mil.br

 

 

 

Espaço de leitor:

 

Meu abraço especial vai para meu amigo da Policia Civil em Jacarezinho-PR, investigador EVERSON LUIZ DE ANDRADE, qual esta sempre antenado neste site.

 

 

 

 

 

 

Pedimos desculpas aos leitores, em nossa demora de postagem aqui, visto as atenções estarem voltadas ao site do Esporte-Motor.

 

ACESSE o site: http://www.jornaloautodromo.com.br/

 

 

 

 

E o deputado Bagri, anda em Foz como se fosse filho da cidade. Já dizem que patrocínios faraônicos da Sanepar e Copel, pagam o tal jogo das estrelas, pra aproveitamento politico do sujeito.                                             A Coruja deste Bagri vai ser depenada em Foz.